Concursos

UNIVERSIDADE DO MINHO
CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DE BOLSA DE INVESTIGAÇÃO PARA DOUTORADOS
ATA DE SERIAÇÃO E SELEÇÃO DOS CANDIDATOS
 
No dia vinte e sete de julho de dois mil e dezassete, pelas dez horas, reuniram nas instalações do Departamento de Sistemas de Informação da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, os Professores Luís Paulo Reis, Joaquim Gonçalves e José Miguel Pego para análise das candidaturas apresentadas ao concurso com referência QVIDA+ - 003446 - Doutorado para atribuição de Bolsa de Investigação para Doutorados no âmbito das atividades de investigação do projeto QVIDA+ – Estimulação Contínua de Qualidade de Vida para auxílio Eficaz à Decisão Clínica, código da operação NORTE-01-0247-FEDER-003446, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Regional do Norte, no âmbito do Programa “Portugal 2020”, nos termos do Aviso de Abertura de Candidatura n.º 33/SI/2015 – Sistema de Apoio à investigação e desenvolvimento tecnológico – “Projetos I&DT- Co promoção”.
 
No prazo de concurso, foram apresentados os seguintes processos de candidatura:
C1 – Ashley Novais
C2 – Daniel Ruivo Marques
C3 – Eliana Marisa Araújo da Silva
C4 – Flora José da Rocha Ferreira
 
Após análise das candidaturas apresentadas, o júri deliberou admitir a concurso os candidatos, uma vez que cumpriam os requisitos de admissão previstos no edital, tendo sido analisados e classificados de acordo com os parâmetros de avaliação previamente determinados:
P1) Curriculum vitae incluindo classificação de graus académicos (Peso: 60%),
P2) Experiência anterior em investigação na área da bolsa (Peso: 40%);
 
Os candidatos admitidos foram classificados da seguinte forma (1 a 5):
 
 Candidato
Parâmetros
C1 C2 C3 C4
P1 (60%) 5 5 5 4
P2 (40%) 4 2 5 3
Total 4,6 4,2 5,0 3,6
 
Estas classificações foram atribuídas unanimemente.
Devido à especificidade do trabalho a desenvolver pelo bolseiro, o júri teve um especial cuidado na análise do perfil (sobretudo no que diz respeito à experiência anterior em investigação na área específica da bolsa) que melhor se adequa às necessidades específicas do projeto. Neste contexto houve um entendimento unânime de que a candidata C3 tinha o perfil mais ajustado para o projeto.
Com base na classificação anterior e após a aplicação dos pesos definidos, obtiveram-se os seguintes resultados finais:
  1. Eliana Marisa Araújo da Silva (C3), 5.0
  2. Ashley Novais (C1), 4.6
  3. Daniel Ruivo Marques (C2), 4.2
  4. Flora José da Rocha Ferreira (C4), 3.6
 
Face ao exposto, o júri delibou selecionar o candidato C3 - Eliana Marisa Araújo da Silva para atribuição desta bolsa de Investigação.
 
Nada mais havendo a tratar, deu-se por encerrada a reunião, dela se tendo lavrado a presente ata, que depois de lida e aprovada vai ser assinada pelos presentes.
 
Guimarães, 27 de julho de 2017
O Júri de Seleção,

 
Luís Paulo Reis
(Prof. Associado da Univ. Minho)
 Joaquim Gonçalves
 (Prof. Adjunto do IPCA) 
José Miguel Pêgo
 (Prof. Associado da Univ. Minho)